Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

De 27 a 30 de julho de 2023 as coordenações de catequese das Dioceses de Cachoeiro de Itapemirim, Colatina, São Mateus e da Arquidiocese de Vitória, que compõem o Regional Leste 3, estarão reunidas em São Mateus para o 2º Encontro Ampliado com as Coordenações Diocesanas de Catequese.

Promovido pela Comissão Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, o encontro tem por objetivo principal atualizar as coordenações diocesanas com temas apontados no plano formativo, além de dar continuidade à proposta do encontro passado, que é a articulação pastoral à luz da bonita caminhada da igreja já trilhada no estado do Espírito Santo.

O público ao qual se destina o encontro é os coordenadores diocesanos de catequese, no entanto, Nathan Arrigoni Gallão, referencial para a Comissão, explica que a estrutura do regional possibilita atingir um público maior: “O Leste 3 é um dos menores dentre os 19 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, tanto em número de dioceses quanto em território e isso nos permite atingir um número maior de catequistas com encontros como este, algo difícil de se realizar enquanto éramos Leste 2, junto com Minas Gerais”.

 

Para a edição deste ano, serão destinadas 25 vagas por diocese, a serem preenchidas por primeiro pelas coordenações diocesanas e as vagas remanescentes, destinadas a coordenadores paroquiais e catequistas, conforme os critérios de cada diocese.

 

Uma novidade é que nesta edição, também foram destinadas vagas exclusivas para as religiosas(os) e os seminaristas. “Uma preocupação que tem ocupado os espaços de debate sobre catequese e iniciação à vida cristã nos últimos tempos, é a formação na área de catequética dos nossos futuros padres. Já avançamos alguns passos, mas ainda precisamos avançar mais. Trazer os seminaristas para encontros como este é uma forma de integrá-los e familiarizá-los com o processo catequético nos mais diversos níveis. Já a presença das religiosas e religiosos é enriquecedora, já que, como o próprio Diretório para a Catequese afirma no número 119, a radicalidade evangélica que eles vivem, por si só, é testemunho da plenitude que a vida em Cristo torna possível, ou seja, seu testemunho de vida é catequético” afirma Nathan.

Para mais informações, entre em contato através do endereço [email protected] ou com a coordenação de catequese de sua diocese.