Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O Diácono, no dia de sua ordenação, manifesta diante do Bispo e do povo o desejo de servir à Igreja através do ministério Diaconal. O primeiro desejo é ser consagrado ao serviço da Igreja pela imposição das mãos do Bispo Diocesano e pela graça do Espírito Santo. O segundo, desempenhar com amor e humildade o ministério dos Diáconos, colaborando com a ordem sacerdotal para o bem de todo o povo cristão. O terceiro, proclamar através da fé e do testemunho conforme o Evangelho e a tradição da Igreja. O quarto é realizar fielmente a liturgia das horas com o povo de Deus, em seu favor e pelo mundo inteiro. O quinto e último desejo é o de querer imitar sempre, em sua vida, o exemplo de Cristo, cujo corpo e Sangue estarão a serviço.

Para viver bem esses desejos, faz-se necessário estar próximo da Palavra de Deus para ouvir, rezar e meditá-la. Diante disso, o Corpo Diaconal da Diocese de Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo, esteve reunido na casa de retiro Maria Mãe da Igreja, em Jerônimo Monteiro, para o retiro anual dos Diáconos e Esposas. O Assessor do retiro foi o pároco da paróquia Nossa Senhora do Rosário, Ibatiba-ES, Pe. Fábio Eduardo. Foi um momento de realizar uma revisão da própria fé, além de ter sido uma oportunidade para encontros e reencontros da família Diaconal.

Somos gratos à Comissão Diocesana dos Diáconos (CDD) de nossa Diocese, pelo cuidado e carinho na preparação desse retiro.
Diác. Jose Adilson Soares
Assessor De Comunicação do CRD/Leste 3.